Domingo, 20 de Junho de 2021 00:03
47 9.9201.1173
Política Covid-19

Saretta defende que ritmo de vacinação seja mais acelerado

De acordo com o deputado, que também é presidente da Comissão de Saúde, da reunião ficou concluído que ações precisam ser feitas dada a preocupação com o ritmo de vacinação, a possibilidade da terceira onda e a expectativa de superar a pandemia.

09/06/2021 22h16
Por: Diego Franke Fonte: Assessoria de Comunicação
Na opinião de Saretta, o fato da vacinação ser muito segmentada no início, criou certa dificuldade de identificar quem teria direito a vacina.
Na opinião de Saretta, o fato da vacinação ser muito segmentada no início, criou certa dificuldade de identificar quem teria direito a vacina.

O deputado Neodi Saretta destacou a audiência pública realizada entre as comissões de Saúde da Assembleia Legislativa e da Câmara de Vereadores de Florianópolis onde foram debatidas ações do combate à pandemia no estado, com foco prioritário para a grande Florianópolis.

De acordo com o deputado, que também é presidente da Comissão de Saúde, da reunião ficou concluído que ações precisam ser feitas dada a preocupação com o ritmo de vacinação, a possibilidade da terceira onda e a expectativa de superar a pandemia. 

 

Na opinião de Saretta, o fato da vacinação ser muito segmentada no início, criou certa dificuldade de identificar quem teria direito a vacina. Ele citou como exemplo os professores que estão sendo imunizados, mas há duvidas sobre determinados grupos e que acabou dificultando a andamento da vacinação. 

 

Mas para ele, vencido os grupos prioritários que estão em andamento, e com a retomada da vacinação por idade decrescente, há a expectativa de que o ritmo de imunização seja mais acelerado, inclusive com a antecipação do calendário vacinal do estado. Saretta “Seria importante encurtar o calendário elaborado pelo estado para vencermos de fato a pandemia” O deputado há tempos defende a imunização por faixa etária, juntamente com os grupos prioritários. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias