Terça, 21 de Setembro de 2021 07:45
47 9.9201.1173
Cidades Vítimas de violência

Projeto da Procuradoria da Mulher deve iniciar no final desse mês de agosto

A Polícia Civil e a Câmara de Vereadores de Itapema, por meio da sua Procuradoria da Mulher se reuniram na tarde dessa quarta feira (11) para ajustar a parceria

12/08/2021 10h25
Por: Redação
Projeto da Procuradoria da Mulher deve iniciar no final desse mês de agosto
A Polícia Civil e a Câmara de Vereadores de Itapema, por meio da sua Procuradoria da Mulher se reuniram na tarde dessa quarta feira (11) para ajustar a parceria das entidades com relação ao funcionamento da instalação do órgão de atendimento às mulheres vítimas de violência.
No local, que funcionará na sede do próprio legislativo municipal, as vítimas terão possibilidade de registrar Boletim de Ocorrência, receberão orientações sobre seus direitos e garantias, e ainda, caso seja necessário, um veículo da câmara levará a vítima até a Polícia Civil para a solicitação de Medida Protetiva de Urgência.
Para a vereadora e procuradora da mulher na Câmara, Raquel Aparecida Josino, esse local dedicado as mulheres será um ambiente de acolhimento e atenção necessária, com estrutura de atendimento também para a saúde e questões sociais. "Queremos ajudar essas mulheres e encorajá-las , encaminhando-as ao mercado de trabalho e mostrar que não é preciso ficar com quem a agride e machuca." salientou a procuradora.
O projeto está previsto para iniciar no final desse mês de agosto e vai funcionar das 12:30 às 18:30 horas.
O Delegado titular de Itapema, Aden Claus, ressalta que projetos como esses são sempre bem vindos, tendo em vista que em Itapema os índices de violência contra a mulher são elevados. "Ambientes que envolvem mulheres no acolhimento das vítimas, facilitam que a denunciante se sinta mais confortável em expor suas mazelas", explicou o delegado.
Colabore com a Polícia Civil. Faça sua denúncia anônima por meio do número 181.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias