Quarta, 26 de Janeiro de 2022
°

-

Polícia Boa Noite Cinderela

Miss Transex de Balneário Camboriú é presa acusada de aplicar golpe

De acordo com as investigações da polícia, Mikaelly marcava encontros pelas redes sociais e atraía as vítimas para hotéis com o objetivo de roubar seus pertences.

01/12/2021 às 17h30
Por: Redação
Compartilhe:
Miss Transex de Balneário Camboriú é presa acusada de aplicar golpe

Mikaelly Martinez, de 25 anos, eleita miss Brasil Transexual em 2019, foi presa na praia de Ipanema, zona sul do Rio, neste domingo (28), por suspeita de dopar e roubar clientes durante programas sexuais.

De acordo com as investigações da polícia, Mikaelly marcava encontros pelas redes sociais e atraía as vítimas para hotéis com o objetivo de roubar seus pertences.

Ao menos dois casos são investigados no Rio de Janeiro. Em um deles, a Justiça determinou a prisão preventiva da suspeita. 

Mikaelly já havia sido presa em 2015 por homicídio qualificado, em Mato Grosso do Sul, além de ser suspeita de participar de outro crimes em São Paulo, Florianópolis e Balneário Camboriú.

As investigações mostraram que Mikaelly utiliza diversos nomes, o que dificulta sua identificação nos crimes. Por todos os estados onde passou e morou,ela tem uma extensa ficha de crimes.

Apenas em Mato Grosso do Sul, ela possui 17 anotações criminais por furto, além de dano e receptação.

Em 1 de janeiro de 2015, ela foi presa em flagrante por matar a travesti Douglas dos Santos Pinheiro, conhecido como Verônica Bismark, com um golpe de canivete em Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande. Ela também é suspeita de crimes em São Paulo e em Santa Catarina.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias