Quarta, 26 de Janeiro de 2022
°

-

Geral Esclarecimento

Procon notifica rede de fast food por identificar cliente como “mudo” em Santa Catarina

Caso aconteceu em Florianópolis; veja nota divulgada pela empresa

02/12/2021 às 09h59
Por: Redação
Compartilhe:
Procon notifica rede de fast food por identificar cliente como “mudo” em Santa Catarina

O Procon de Santa Catarina notificou a rede de fast food Burger King por identificar um cliente como “mudo” no ticket de conferência do pedido.

Segundo o órgão, o caso aconteceu em uma unidade da empresa em um shopping de Florianópolis.

A notificação exige que o Burger King informe se o atendente tinha conhecimento de que o consumidor era pessoa com deficiência. Também pede que a empresa explique se há atendentes com conhecimento e/ou treinamento em atendimento por Libras, a língua brasileira de sinais.

O órgão também exige, que, caso não haja suporte por meio de Libras, a empresa explique como realiza o atendimento aos consumidores com deficiências.

O Burger King encaminhou uma nota lamentando o ocorrido. “A gestão da unidade franqueada onde o caso ocorreu reforçou essas orientações com toda a equipe para que situações como essa não voltem a acontecer”, diz a nota.

Confira na íntegra:

“O Burger King lamenta o ocorrido e reforça que repudia toda e qualquer forma de discriminação, seja com seus clientes ou com seus colaboradores. No BK, todos são bem-vindos e serão tratados de forma igualitária. Ressaltamos que todos os colaboradores passam por treinamentos de conduta e sensibilização sobre a importância da diversidade e do respeito ao próximo.

A gestão da unidade franqueada onde o caso ocorreu reforçou essas orientações com toda a equipe para que situações como essa não voltem a acontecer. O Burger King também busca contato com o cliente e se coloca à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias