Quarta, 26 de Janeiro de 2022
°

-

Saúde Gripe H3N2

Vendas de remédios antigripais disparam e farmácias ficam sem estoque de medicamentos

Um ano e meio após o início da pandemia da covid-19, as farmácias voltam a registrar uma corrida em busca de medicamentos específicos

10/01/2022 às 14h26 Atualizada em 10/01/2022 às 14h37
Por: Redação
Compartilhe:
Vendas de remédios antigripais disparam e farmácias ficam sem estoque de medicamentos

Quase dois anos após o início da pandemia da covid-19, as farmácias voltam a registrar uma corrida em busca de medicamentos específicos. "O trabalho com a covid-19 foi e está sendo mais fácil do que agora com essa gripe", diz o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Pernambuco (Sincofarma-PE), Ozeas Gomes

 Os casos da gripe H3N2 multiplicam-se e fazem os antigripais e suplementares, como a vitamina C, sumirem rapidamente das prateleiras. Pequenas farmácias sofrem mais com o período elástico para reposição dos estoques e já registram a falta de medicamentos como o Oseltamivir, comercializado sob a marca Tamiflu. A demanda como um todo subiu 50% e, por ora, a previsão é de que o fornecimento feito a partir da região Sudeste, por via terrestre, demore a se normalizar

Há redes de farmácias que não possuem mais a medicação, que custa, em média, R$ 300. Uma pessoa que não quis se identificar à reportagem disse que procurou o Tamiflu nos estabelecimentos na última semana de 2021, mas só o encontrou em um local que estava vendendo acima do valor recomendado. "Na semana passada, a partir da segunda-feira, eu apresentei sintomas gripais. Eu fui a duas urgências, em uma delas o médico passou o Tamiflu. Eu fiz o teste na hora e deu negativo para covid-19 e Influenza A e B, mas eu apresentava todos os sintomas gripais", relata

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias