Segunda, 23 de Maio de 2022
°

-

Brasil Flagrou a esposa

VÍDEO:Home flagrou a esposa tendo relações sexuais com o homem em situação de rua.

Segundo depoimento prestado à polícia, homem pensou que mulher estava sendo estuprada. No entanto, ele afirmou que companheira enfrenta problemas psicológicos

15/03/2022 às 13h39 Atualizada em 15/03/2022 às 14h47
Por: Redação
Compartilhe:
VÍDEO:Home flagrou a esposa tendo relações sexuais com o homem em situação de rua.

Um homem em situação de rua de 48 anos foi espancado por um personal trainer no Jardim Roriz, em Planaltina (DF). O agressor teria flagrado a esposa mantendo relações sexuais com o homem dentro de um carro, na quarta-feira (9), dia da agressão e acreditado se tratar de um estupro.

O caso é investigado pela Polícia Civil. A agressão foi registrada por câmeras de segurança da rua. Por volta das 22h30 o personal trainer, que tem 31 anos, se aproxima do carro da esposa. Ele bate na lataria várias vezes, até que consegue abrir a porta, tira o morador em situação de rua de dentro e o agride repetidas vezes. O homem sai sem roupas e é novamente espancado.

A esposa, de 33 anos, se ajoelha no chão e é contida pelo personal trainer.  Outras pessoas aparecem em cena e tentam acalmar o casal, que foi encaminhado para a 16ª Delegacia de Polícia, localizada em Planaltina. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o hospital da cidade com vários ferimentos, principalmente no rosto.

Na delegacia, o personal informou aos policiais que a mulher vinha apresentando problemas psicológicos, e que na data do ocorrido, ela saiu com a mãe dele. "Ele (Eduardo) relatou que após ajudar um morador de rua em Planaltina, as mulheres (mãe e esposa) haviam se separado. 

Ele procurou pela esposa e ao avistar o carro estacionado, imediatamente se aproximou, momento em que viu a mulher com um homem, tendo relações. Nesse momento entrou em luta corporal com o acusado, pois, acredita que ela estava sendo estuprada. A delegacia apura o caso", disse a Polícia Civil, por meio de nota encaminhada ao UOL. O delegado responsável pelas investigações disse que o caso segue sob sigilo e preferiu não dar mais detalhes.

Já o casal apagou as redes sociais. Uma foto obtida pela reportagem mostra mulher entregando uma Bíblia para o morador de rua antes do ocorrido. O homem não está preso e a mulher está internada em um hospital particular. Segundo a advogada do casal, o personal agiu por legítima defesa e o caso é investigado como estupro.

"O casal está muito abalado com tudo o que aconteceu. Não só os dois, mas o restante da família. Não foi uma relação consensual, como a mídia divulgou. Mas o marido está prestando todo o apoio para ela", disse a advogada por telefone.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias